Fragilidade Humana

Sorrindo, trabalhando, brincando, fazendo planos, vivendo os sonhos, vivendo.

De repente, acidentado, com todos os ossos do rosto quebrados, em uma UTI, sem grandes esparanças.

A fragilidade humana me desespera, me arranca lágrimas enquanto escrevo porque escancara sem vergonha alguma, bem diante de mim, a minha completa falta de controle sobre a vida, sobre tudo o que sou ou penso que sou.

Estar em outro país proporciona que diariamente você valorize as pessoas que ama e que estao distantes de você, mas também te revolta muito nao poder estar ao lado delas quando uma fatalidade como a descrita acima, acontece.

Só queria dizer à minha família que nunca estive tao perto deles como neste momento de dor. Todas as minhas lágrimas, oraçoes, atitudes e amor, estao voltadas à vocês e especialmente ao meu querido Caiêr.

“E aquele que crê em Mim, ainda que morra, viverá.”

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s