Viña del Mar

Depois de Valparaíso, seguimos para Viña del Mar, já que estávamos bem perto dela.

Logo na entrada se vê o Relógio de Flores, um dos grandes símbolos da cidade. Essa característica marcante rendeu a Viña o apelido de “Ciudad Jardín”.

Relógio de Flores - Portal de Viña

Viña del Mar é o típico exemplo de um município que vive do turismo. Com cerca de 330 mil habitantes, Viña possui diversos atrativos, tanto para os chilenos como para os visitantes estrangeiros. A começar pelas áreas de praia (são 3,5 km além das que ficam fora da cidade), motivo de grande movimentação durante o verão; além dos conhecidos festivais:  Festival de La Canción  e o Festival de Cine de Viña del Mar.

Apesar das águas geladas do Pacífico, o clima de balneário está presente na cidade durante todo o ano. A temperatura varia em média de 10ºC a 22ºC no verão, mas não será difícil encontrar dias ensolarados, com a temperatura chegando aos 30ºC. Nessa época, a cidade fica lotada de turistas, por isso é sempre bom fazer reservas antecipadas. No entanto, o inverno é bem rigoroso, com temperaturas que oscilam de 2º a 8ºC. Infelizmente, era o começo do outono e por isso nao nos animamos a mergulhar, mas ao nos aproximarmos do mar nos distraímos e uma onda molhou os nossos pés, e realmente comprovamos o quao gelado o Pacífico pode ser…hehe

Com os pés no Pacífico, literalmente.

A praia mais conhecida da cidade é Reñaca. Sua principal característica são seus edifícios em forma de degraus. Os moradores utilizam um funicular ao invés de elevador para ter acesso aos apartamentos.

Edifícios em forma de degraus

Há ainda as praias Salinas, Acapulco e Del Sol e todo o litoral norte de Viña, além do Muelle Vergara, antigo píer onde descarregavam mercadorias no passado, ou as feiras de artesanato.

Viña foi fundada em 1878 pelo engenheiro e político José Francisco Vergara, proprietário das duas fazendas existentes ali e que fazem parte da história da cidade. A primeira delas, Viña del Mar, ficava ao norte do estuário que hoje divide o balneário: o Marga Marga. Ao sul do rio, localizava-se Las Siete Hermanas, que compreendia terras até o Cerro Barón, em Valparaíso. O terremoto de 1906 deixou a portuária Valparaíso no chão e, com isso, diversas famílias se mudaram para o balneário, distante apenas 9km.

Viña del Mar

Viña del Mar

Admirando o mar

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s