Waiting

Impontualidade. Tá aí uma coisa que eu não suporto.Talvez por estar intimamente ligada a espera e particularmente, também não gosto de esperar.

Não vá pensando que sou perfeita e que ninguém nunca esperou por mim, não é isso. Mas o atraso não pode ser um hábito.

O fato é que mesmo não gostando de esperar, eu fiz isto algumas vezes.

Já esperei sabendo que me decepcionaria, que o final seria péssimo, mas ainda assim, eu decidi correr todos os riscos.

Mas não é sobre ficar plantada esperando alguém que se comprometeu com você em chegar às 19 horas e sei lá porque chegou às 21, que escrevo. Não…
Essa espera é irritante, mas facilmente administrada.

Refiro-me a esperas que consomem a alma, que parecem não ter fim, como a cura de uma doença, o tão sonhado equilíbrio financeiro, a paz de espírito ou ainda, o amor correspondido.

Refiro-me a espera, que seja lá qual o nome que você tenha dado a sua, também o tem deixado plantado na esquina fria e escura, mais conhecida por “Angústia”.

É…
Eu também espero por algumas coisas. E quer saber?
Com toda a minha impaciência, mas uma vez eu “cheguei às 19 horas”.

Fernanda La Salye

Ouvindo “Love is Waiting” – Brooke Fraser
Anúncios

3 comentários sobre “Waiting

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s