De repente “Love is a Losing Game”

Costumo dizer que pessoas são músicas. Algumas dignas de um clássico, outras mais contemporâneas.

Há aquelas que em dias tristes, sua letra não tem muito a dizer, mas seu ritmo te levanta. Algumas inspiram lágrimas, mas quem é que não precisa lavar a alma de vez em quando?! E o que dizer das alternativas? Parecem ter criado para si um universo paralelo.

Mas as mais “ouvidas” com certeza são aquelas que marcaram a sua existência com as melhores sensações, que te convidaram para dançar mesmo sabendo que você não levava o menor jeito, que cantaram o refrão em troca de um sorriso seu…

Amo a música por uma série de motivos e prometo que qualquer dia eu conto todos eles. Mas o poder que ela tem de me fazer lembrar de pessoas e momentos especiais, com certeza me fascina.

Quer coisa melhor do que ir a algum lugar e de repente ter a alma invadida por aquela música, aquela que foi importante na sua vida, e que te faz reviver tudo nos poucos minutos em que ela toca?!

Hoje minha alma foi invadida por ela e eu estou dançando até agora…

Fernanda La Salye
Anúncios

Um comentário sobre “De repente “Love is a Losing Game”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s